Irmãs consagradas

“Teu esposo é teu Criador” Is 62,5

CONSELHOS EVANGÉLICOS

 

“As consagradas da Comunidade comprometem-se a uma especial intimidade com Cristo na oração, na custódia do coração de toda afeição contrária ao amor deDeus, a uma fiel vigilância dos sentidos e do olhar, de modo que nada possa alteraresta comunhão de amor com o Esposo, numa grande disponibilidade de coraçãopara com o próximo para amar a todos com o mesmo amor de Jesus (cf. cân. 599)”. (Estatutos, art. 12)

Pelas renúncias decorrentes dos votos, as pessoas consagradas tomarão a sua cruzpara seguir a Cristo e buscar mais ainda a plenitude do amor de Deus e da caridade para com o próximo”. (Livro de Vida, 15)

O HÁBITO E A ALIANÇA

 

 O hábito é sinal do Reino de Deus e manifestação visível da vocação de todos os cristãos a desposarem-se com o Senhor, como diz Isaías: “Teu Criador é teu Esposo“. As irmãs professas perpétuas usarão uma aliança, sinal de união com Cristo, e lembrança da fidelidade do Esposo.

Deus, nosso Pai, dispensador de todo bem, fiel à Vossa palavraprometestes aos que Vos procuram cobri-los com o manto de Vossasantidade e de Vossa alegria: dignai-Vos abençoar este hábito, sinalde humildade de coração e de desprezo do mundo. Fazei que Vossoservo(a) revista a bem-aventurada castidade até o dia em querevesti-lo-eis com a bem-aventurança eternaAmém” (Rito da profissão temporária)

VOCAÇÃO ESPECÍFICA DAS BEATITUDES

A peculiaridade da vida consagrada na Comunidade pode ter várias faces: algumas irmãs sentem-se chamadas a servir a Deus em uma vida mais contemplativa; outras são chamadas, sempre pelo mesmo Espírito, a uma vida mais apostólica, ou à evangelizaçao, ou junto aos mais pobres deste mundo. Esta variedade de chamados, onde cada uma responde com alegria lá onde se poderá dar mais frutos, após discernimento dos superiores, é a riqueza de nossa Comunidade e expressa a fecundidade de nosso carisma. Essas diferenças serão vividas em uma grande comunhão com os outros ramos: irmãos e leigos.